O que é SEO e como fazer um planejamento

Pode ser que você não saiba o que é SEO. Mas você já reparou que sempre que você faz uma pesquisa na internet, seja na ferramenta de busca que for, as primeiras páginas que aparecem costumam ser mais certeiras e entregar melhores conteúdos que as outras?

Não é a toa que essas páginas estão ali em primeiro lugar. Na verdade elas conseguiram esse posicionamento por conta de toda a estratégia de SEO existente por trás delas.

Essa sigla vem de Search Engine Optimization. Se trata de um conjunto de técnicas capazes de melhorar o ranqueamento das páginas nas ferramentas de busca como o Google.

Que entender melhor? Continua lendo esse post!

 


Você  vai ver nesse Post:


 

O que é SEO?

Como mencionei antes, SEO é a sigla para Search Engine Optimization, o que traduzindo para o português fica: Otimização para Mecanismos de Busca.

Sempre que alguém cria uma nova página e publica na internet, os motores de busca se responsabilizam por indexá-las. Ou seja, por fazer com que elas estejam visíveis para quem procurar por elas.

Mas como você deve imaginar, todos os dias são publicadas muitas novas páginas, o que faz com que a concorrência para aparecer nas pesquisas seja muito grande.

Sendo assim, esses mecanismos de busca estruturam “boas práticas” que devem ser seguidas para que as melhores páginas apareçam sempre em primeiro lugar.

O papel de um bom SEO é cuidar para que essas boas práticas e otimizações sejam cumpridas. Existem diversas técnicas que são abrangidas pelo SEO.

Mas no geral, o principal ponto para estar entre as primeiras páginas, é entregar a melhor resposta para o que o usuário procura, e proporcionar a melhor experiência possível para ele.

Essas otimizações são favoráveis tanto para as buscas orgânicas (aquelas que não são pagas ou patrocinadas) quando para os anúncios e buscas pagas.

Resumindo, o SEO é quem garante que a sua página tenha visibilidade e atraia muitas pessoas. Até porque, 90% dos cliques gerados por meio de buscas em ferramentas como o Google, são nos links que se encontram na primeira página.

E como se não bastasse, somente os 3 primeiros resultados orgânicos que aparecem nas buscas são responsáveis por 61% dos cliques!

escalonar

Como fazer uma página ranquear no Google?

Agora que você já sabe o que é SEO e qual é a importância de estar bem ranqueado nos mecanismos de busca da internet, você precisa entender quais são essas técnicas e boas práticas que fazem uma página ranquear.

Para começar, é importante ter em mente que, antes de mais nada, o conteúdo da página precisa ser relevante para a palavra-chave pesquisada, e também precisa ser original.

Sabendo disso, vamos às principais técnicas:

On-page

Como o próprio nome já diz, o SEO on-page se trata das técnicas de SEO utilizadas dentro da sua própria página. Dentre elas, podemos destacar:

Conteúdo relevante e de qualidade

Entregar um conteúdo relevante e de qualidade é uma das principais técnicas de SEO on-page.

Depois de definir a palavra-chave em foco, baseie seu conteúdo na mesma, mas sempre lembrando de entregar informações que realmente tenham valor para quem vai ler.

Embora você tenha que inserir a palavra-chave algumas vezes no decorrer da página, não é uma boa ideia exagerar, pois o Google pode inclusive te punir caso faça isso.

Além de usar a palavra-chave em questão, tente adicionar sinônimos e palavras relacionadas também.

Outro ponto que impacta o conteúdo quando se trata de SEO, é a legibilidade e o quanto o texto é escaneável. Para isso, escreva frases diretas e em parágrafos curtos.

Adicionar partes em negrito, imagens no decorrer do texto e separar o conteúdo em tópicos e subtítulos também pode ajudar!

E claro, NUNCA copie textos de outras páginas. Se você fizer isso, muito provavelmente será punido pelo Google, e sua página não vai chegar nem perto de estar na primeira página.

Título e descrição

O título e descrição da página são dois fatores cruciais em SEO. Para criar um bom título, basta pensar em algo que chame atenção e que ao mesmo tempo tenha a ver com o conteúdo da página.

Outras duas dicas importantes são: use sempre a palavra-chave no título e se atente ao tamanho dele. Geralmente o tamanho ideal de título para o Google é de até 65 caracteres.

Da mesma maneira, a descrição deve conter a palavra-chave também. E claro, como o próprio nome diz, deve descrever de forma sucinta o assunto que será tratado no conteúdo.

URL

Como você deve imaginar, a URL do seu conteúdo precisa conter a palavra-chave também. Você pode escolher inserir uma parte do título nela, ou simplesmente a palavra-chave em questão.

Por exemplo, o título desse artigo é “O que é SEO e como fazer um planejamento”, e a URL é blog.parallaxy.com.br/o-que-e-seo.

Nunca deixe sua URL com apenas alguns caracteres sem sentido. Esse é um detalhe fácil de cumprir e traz bons resultados. Até porque melhora a experiência do usuário na página.

Links

Adicione links para outras páginas. Tanto para páginas do mesmo domínio, quanto para de outros domínios.

Ambos os tipos de linkagens ajudam num melhor ranqueamento. Mas lembre-se de não linkar qualquer coisa para qualquer lugar. Assim como todos os aspectos de SEO, essa técnica deve ser bem pensada.

Tente adicionar links para páginas relevantes (você pode usar ferramentas como o Ahrefs para conferir a relevância da página) e que façam sentido com as palavras que você selecionou para inserir os links.

Por exemplo, no parágrafo anterior eu citei a ferramenta Ahrefs, e no nome da ferramenta, inseri o link para ela. Mas não fiz novamente quando citei o nome nesse parágrafo. Isso porque adicionar links exageradamente pode ser prejudicial.

Alt Text

O alt text é o texto alternativo, ou atributo alt. Ele deve ser adicionado em todas as imagens inseridas no decorrer do conteúdo.

Essa prática de SEO faz com que o Google consiga “entender” sobre o que se trata a imagem em questão. Por isso é fundamental que o Alt Text seja condizente com a imagem.

Por isso, também é importante inserir imagens que estejam no mesmo contexto que o restante do conteúdo. Assim, você pode até adicionar a palavra-chave em algumas delas.

SEO técnico

O SEO técnico é o que define a boa usabilidade do usuário na página. Sendo assim ele abrange:

  • UX (User Experience);
  • velocidade de carregamento da página;
  • HTTPS (é o que impede que apareça aquela frase “site não seguro” perto da URL;
  • site map;
  • canonical tag;
  • página responsiva;
  • alternate tag.
marketing digital

Off-page

Ao contrário do on-page, o SEO off-page se refere à todas as práticas e técnicas de SEO utilizadas fora da sua página ou domínio que podem influenciar positivamente em seu ranqueamento.

Presença da marca e Link Building

A presença da marca no meio digital se dá pelo reconhecimento que ela tem do público em geral.

Você pode conquistar isso com alto engajamento nas redes sociais, boas avaliações no Google, presença no Youtube, menções da sua página por outras marcas ou páginas relevantes, etc.

Uma das estratégias de SEO que podem ajudar a consolidar a presença da sua marca é o link building. Nessa técnica, outros portais usam links da sua página dentro de seus conteúdos.

Ao fazer isso, o Google entende que se sua marca está sendo mencionada, é porque ela é relevante, então fica mais fácil conseguir um bom ranqueamento.

Autoridade da página e de domínio

A autoridade da página e do domínio em SEO, são medidas de acordo com a quantidade e relevância de links que são direcionados à ela.

Para conseguir isso, basta seguir todas as outras recomendações de Search Engine Optimization feitas anteriormente. Afinal quanto maior a relevância do seu conteúdo, mais pessoas irão alcançá-lo e mais marcar irão mencioná-lo.

Como fazer um planejamento de SEO?

Fazer um planejamento de SEO é mais simples do que parece. Mas requer muita atenção. Veja como fazer em alguns passos:

  1. Faça a análise de SEO

    Consulte a atual situação tanto da sua página ou site, quanto as dos concorrentes e do mercado em geral.

    Para isso, use ferramentas de SEO como o Ahrefs, SEMrush, o Google Analytics ou o Ubersuggest;

  2. Faça um planejamento de palavra-chave

    Com essas mesmas ferramentas, procure palavras-chave relevantes para seu nicho e que podem ser usadas no SEO da sua página.

    Para saber se uma palavra-chave é relevante, basicamente você deve analisar o volume de buscas e comparar com a quantidade de cliques gerados e o nível de competitividade da palavra.

  3. Otimize o conteúdo

    Tenha em mente o que foi explicado anteriormente sobre as técnicas de SEO no conteúdo e trabalhe toda sua página pensando nisso.

    Caso você use o WordPress, instale o Yoast. Esse é um plugin que aponta e da insights sobre melhorias de SEO que podem ser feitas no conteúdo.

  4. Sempre pense no usuário

    Por fim, lembre-se de sempre pensar na experiência do usuário. Ou seja, crie uma página fácil de navegar e que entregue o melhor conteúdo possível para quem está pesquisando.

Pronto, você já pode começar a otimizar o SEO do seu site ou página. Agora é só iniciar o planejamento e garantir a visibilidade da sua marca!