O que é inteligência artificial afinal?

A inteligência artificial começou a ser desenvolvida em 1940 e desde então não parou de evoluir. A linha que mais gera polêmica de IA é a biológica, que estuda o desenvolvimento de conceitos que “imitam” o comportamento humano.

Apesar de ser um assunto muito falado, nem todo mundo sabe exatamente o que é a Inteligência Artificial e quando falamos do ramo empresarial, muitas pessoas não conhecem as oportunidades que podem estar perdendo por não usar a IA.

Continue lendo esse artigo para entender melhor e para tirar todas as suas dúvidas em relação ao assunto!

 


Você  vai ver nesse Post:


 

O que é Inteligência Artificial?

A Inteligência Artificial é um ramo de estudo da Ciência da Computação que constrói todo tipo de mecanismo capaz de simular ou imitar a capacidade de raciocínio humano.

Apesar de ser objeto de estudo há décadas, a IA ainda não chegou nos níveis que geralmente vemos em filmes, como o “A.I. – Inteligência Artificial” lançado em 2001.

Mas mesmo assim, essa tecnologia tem ganhado cada vez mais forças e avançado rapidamente nos últimos anos. E hoje, já podemos encontrá-la em diversos âmbitos, como jogos, diagnósticos médicos, tecnologias para empresas, etc.

Em resumo, a IA permite que determinados sistemas tomem decisões de forma independente, como se pensassem por conta própria. Isso acontece porque esses sistemas são capazes de simular situações e resolver problemas práticos com base em aprendizado prévio.

Ou seja, as máquinas “pensam como seres humanos” e aprendem como nós: a partir de experimentações.

Podemos citar como exemplo de Inteligência Artificial inclusive, o próprio Google, que está sempre aprimorando seus processos de aprendizados automáticos.

Como funciona a Inteligência Artificial?

Agora que você sabe que a IA é capaz de aprender como seres humanos, você deve estar se perguntando como isso acontece, certo? Vou explicar!

Bom, para aprender continuamente, essa inteligência precisa sempre ser alimentada de dados. Isso acontece com base em alguns processos de computação.

Esses processos são: modelo de dados para processar e analisar as informações de forma inteligente, o big data que funciona como uma central de dados a serem disponibilizados e o poder de processamento, que é o que processa todas essas informações de maneira lógica e eficiente.

Então, podemos concluir que a Inteligência Artificial é feita a base de dados formados por códigos de programação que funcionam por meio de funções matemáticas. Assim, quando um determinado valor é inserido à função, outro valor surge de maneira organizada e consistente.

Inteligência artificial e Machine Learning

Provavelmente você já viu alguma associação entre Inteligência Artificial e Machine Learning. Se isso aconteceu foi poque a IA usa algumas tecnologias para conseguir realizar os comandos que simulam o comportamento humano.

Essas tecnologias são: Machine Learning, Deep Learning e PLN (Processamento de Linguagem Natural).

escalonar

Machine Learning

Machine Learning significa aprendizado da máquina, e é através dessa tecnologia que os computadores conseguem aprender o comportamento e evoluir na execução dele.

Ou seja, é o machine learning que cumpre o papel de identificar os padrões que geram a Inteligência Artificial através do processamento lógico dos dados.

Então, basicamente, a máquina de aprendizado monitora os comportamentos e ações conforme é utilizada e, com isso, ela põe em prática o que “aprendeu” durante o período monitorado para a finalidade desejada.

Deep Learning

O Deep Learning, como o nome sugere, vai um pouco mais a fundo que a Machine Learning. Para isso ele usa ferramentas mais sofisticadas que são capazes de identificar exceções de forma mais eficiente.

Isso quer dizer que ele trabalha com muito mais detalhamento em relação ao que aprende com a observação do comportamento humano trazendo melhor resultado para a Inteligência Artificial.

Processamento de Linguagem Natural

Geralmente, quando um robô ou máquina está no começo da aprendizagem da inteligência artificial, sua linguagem é muito formal. Isso acaba tornando toda a comunicação muito artificial.

O PLN ou Processamento de Linguagem Natural, é o que torna a máquina mais natural e com ações mais parecidas com a do ser humano. Para isso, essa tecnologia lapida os resultados obtidos pela Machine Learning e pelo Deep Learning.

Inteligência Artificial nas empresas

Se você tem uma empresa mas ainda não aplica a inteligência Artificial em nenhum âmbito, pode ser que esteja perdendo alguma grande oportunidade de se destacar no mercado.

A IA nas empresas podem trazer grandes vantagens quando se trata de otimização de processos e de desempenho. Algumas dessa vantagens e benefícios são:

Automatização de processos

A inteligência artificial é capaz de automatizar determinados processos operacionais que teoricamente precisam de muitas pessoas para executar.

Ao fazer isso, além de economizar tempo e dinheiro, a tecnologia é capaz de evitar uma série de erros humanos que são comuns de acontecerem.

Previsibilidade comportamental

Outro fator que a Inteligência Artificial agrega vantagem é na previsibilidade de comportamento.

Ou seja, a IA identifica padrões a partir de fatos que já aconteceram e assim, conseguem prever o que pode vir a se repetir. Dessa maneira, a tomada de decisão se torna muito mais fácil nas empresas.

Evolução constante

Como é de se imaginar, a inteligência artificial proporciona uma evolução constante no ramo em que atua. Afinal a tecnologia está sempre aprendendo com os erros e se aprimorando para que eles não se repitam.

Melhora na análise de informações

Por conta de a Inteligência Artificial conseguir colher um grande número de informações e dados, fazer a análise das informações se torna algo muito mais eficaz.

Os dados são mais confiáveis e acaba se tornando fácil coletar as informações para fazer qualquer tipo de análise.

E então, o que você ainda está esperando para começar a desbravar o mundo da IA e aplicar ela na sua empresa? Como você pôde ver, vantagem é o que não falta!

Share